setembro 11, 2011

Coisas que deviam ser proibidas



Às sete e meia da tarde, chegávamos ao destino. Já havia quem se refrescasse numa das últimas semanas do Verão com uma cerveja de copo ou de garrafa. Os bancos estavam à porta de casa, quase debaixo do loureiro e ainda tínhamos luz do dia. Assou-se uma cacholeira comme il faut, porquinho de barro e alcóol consumindo a carne devagar. Como prato principal, uma fabulosa travessa de migas e respectivas carnes fritas - só de olhar, já nos crescia água na boca! Conversa para lá, conversa para cá e chega à mesa um vistoso cheesecake de morango em cama de salame e uma pessoa sentia-se engordar só de olhar! Terminada a refeição e mais dois dedos de conversa depois, o descanso merecido.

Três da manhã e o meu estômago quase latejava com uma digestão mal feita, enquanto eu tentava não gritar com dor. Ninguém merece.

3 comentários:

Helena Barreta disse...

Realmente, não merece mesmo. Quem é que consegue resistir a tamanha delícia? O meu pai fazia umas migas de batata que era de comer e chorar por mais.

aryabodhisattva disse...

Mmmm. Pela imagem deve ter sido bom. :d
Ok, azia. Mas ainda assim, booooom.

JaneKa disse...

Espero que o culpado disso tudo não tinha sido o meu "cheesecake em cama de salame"...Modestia à aprte, mas estava mesmo delicioso! :P