junho 26, 2006

Well then... God is an asshole.

Damos voltas e mais voltas e nunca conseguimos explicar a dor, a profundidade da dor que sentimos quando perdemos alguém.


[Quem acompanha uma série torna-se amigo das personagens. Partilha os momentos de indecisão, alegria ou de dramatismo e, às tantas, esquece-se que há um ecran que nos separa de um mundo fictício. O Nate foi hoje enterrado e eu, enredada pela qualidade da série, sofri como se ele fosse um dos meus. Se sofro assim com a ficção, imagino como a realidade me vai derrotar.]

4 comentários:

pita disse...

ca ganda merda, é só o q tenho a dizer.. :S

**

Filipa disse...

O episódio mais triste de sempre...

Madie disse...

Verdade que não chorei tanto assim.. mas verdade também.. q ando a ouvir a mesma música.. há DIAS! :X

*

tiago disse...

bom, eu tou a sacar da net e ainda só vou no fim da primeira season. vamos lá a ver se não há mais spoilers... :)