junho 23, 2010

Não sei se já vos disse mas adoro recados!

(e se por acaso pessoas felizes e tranquilas vos aborrecerem, que eu sei que há muita gente que se enfada com a felicidade dos outros, é capaz de ser melhor não passarem por aqui nos próximos anos ♥)

13 comentários:

R* disse...

Eheh, é muito bom receber assim recadinhos!!

Augusta disse...

Ai o amor...lindo...adoro deixar recadinho tbm, inclusive escodidos nos lugares + improvaveis...rende sempre boas surpresas...

Joana Real disse...

Eu acho bem fofucho...mas os recados podiam ser deixados com caneta de acetado (que se limpa bem) em várias superfícies da casa...sempre poupava papel :)

Bjs aos 3 :D

Sophie Ribas disse...

Olá, olá.
Venho convidar-te a participares no passatempo do meu blog.
Espreita já em: http://sofiaribas.blogspot.com/2010/06/passatempo-mais-esperado-d.html

Beijoca*

P. disse...

reconheci ali um postaleco :D

Grasi disse...

Eu tb adoro.... deixar recados e recebê-los!!!
Amo :)
Bjão

Tatiane Lemos disse...

Oi, eu tmb gosto muito de bilhetes....Aah que legal adorei seu blog, achei um cantinho muito criativo e cheio de cultura* Vc é mesmo de Porto alegre? eu moro aqui*
Beijos querida, sempre venho agora, gostei muito mesmo daqui*

aryabodhisattva disse...

a-ha! tenho as mesmas dvd boxes "tal canal" e "the complete fawlty towers"...!

Helena Barreta disse...

Pois eu faço questão de passar por cá para saber as novidades que nos queira contar.

E quero saber do desenvolvimento do Vicente; e quero saber se gosta mais da sopinha ou da papa; e quero saber se já gatinha; e se os dentes a romper não o estão a incomodar muito; e quero ver fotografias dos sítios lindos onde o vão levar; e quero ver a capa dos livros que lhe andam a ler; e a capa dos cds que lhe dão a ouvir; e quero ver as pernas e os joelhos esfolados quando estiver a aprender a andar de bicicleta; e quero vê-lo desdentado; e quero vê-lo a construir castelos e bolos de areia; e quero ver o primeiro de muitos recados deixados por ele quando já souber escrever; e quero saber que está óptimo, que está feliz e a rir.

Isto tudo e muito mais porque adoro as pessoas (mesmo não as conhecendo) que são felizes, que se entregam ao amor e à família e não têm vergonha disso, pessoas tranquilas e que valorizam o que têm de melhor, ou seja, adoro pessoas afectuosas.

Um beijinho

M. disse...

Obrigada pelos vosso comentários, em especial o seu, Helena! Acredite que fiquei com uma lagriminha no canto do olhos ;)

K. disse...

Eheheh! Mereces ser feliz. Abraço.

Eurico Ricardo disse...

M, quando quiseres conselhos de literatura fala aqui com o chefe.
*

Casa Cor de Laranja disse...

Risos!!!!!!!!!!
Rosana.