dezembro 10, 2006

American Psycho (ou a vontade de transgredir)


There is no catharsis. My punishment continues to elope me.

(Tarde de Domingo passada a fingir que amanhã não é Segunda e que não tenho que acordar ainda o dia não nasceu e trabalhar outra vez. Escolho rever este filme em vez da normal comédia romântica que devemos ver numa tarde de Domingo. Compreendo mais uma vez o que me atrai tanto na personagem de Patrick Bateman: a sua frieza e a dor que sente por ser apenas um desalinhado; uma necessidade de satisfação que não consegue conter com os estímulos materiais; um total desprezo pelas mais primitivas emoções do ser humano; a classe e a elegância, mesmo quando ergue o machado com que vai torturar a próxima vítima. Não imagino uma pessoa assim. E é exactamente isso que mais me faz gostar dele.)

2 comentários:

patiloca disse...

christian bale = NHAM! (L)

Quem? disse...

Curioso...também ando com desejos de rever esse filme! ;)