julho 14, 2009

Há um colega meu que vive imaginando teorias da conspiração. Passou grande parte das férias a pensar nisso, quando a pessoa normal normalmente aproveita para se afastar um pouco do Mundo ou simplesmente para não pensar em nada. Diz que o Obama ganhou pela sua cor da pele porque os Estados Unidos querem conquistar África, que o chip nas matrículas servirá para criar um imposto sobre o CO2, que o Hugo Chávez vai ser assassinado porque é essa a maneira de funcionar dos Estados Unidos, que Portugal é um (ainda assim gigante) tubo de ensaio para outras democracias. Ele discute sobre os ingredientes proibidos na nossa comida, sobre a película que colaram no vidro do juíz, sobre o papel do Al Gore na luta pelo meio ambiente. Viver no mesmo Mundo em que ele vive deve ser a coisa mais alucinante que existe. E não é que eu acredite em tudo o que os orgãos de comunicação nos querem impingir mas, se fosse como ele, perdia a minha sanidade mental.

Estou mesmo empenhada em salvar o que me resta de ingenuidade.

5 comentários:

imightbewrong disse...

O facto do Obama ter vencido com uma margem substancial a seu favor, para que, posteriormente, a America se "atirasse" para cima de Africa, parece-me uma coisa bastante obvia.

|b| disse...

se vive imaginando é porque é brásileiro

Artur Sequeira Portela disse...

Também deve achar que a "cena" do Armstrong na Lua foi montagem...

bubble disse...

E deixa-me adivinhar...está solteiro! (estou a ser mazinha), mas conheço pessoas assim e apetece dizer-lhes...minimiza!

bubble disse...

E deixa-me adivinhar...está solteiro! (estou a ser mazinha), mas conheço pessoas assim e apetece dizer-lhes...minimiza!