agosto 03, 2006

A vida troca-nos as voltas de uma maneira... Agora que estou prestes a endividar-me para o resto da vida, a minha irmã decide que gostava de ficar em Portalegre. E o meu pai, solícito como sempre, já se propôs a fazer uso do factor C. Diz que conhece este e aquele e, portanto, é possível que a minha irmã regresse a Portalegre mais depressa do eu esperava. Regressar, ela regressa amanhã. E depois pode não voltar. Gosto de a ter ao pé de mim, gosto mesmo mas sei que, se calhar, ela é mais feliz noutro lado. E agora vou ter que aprender a ser feliz mas sozinha, numa casa inteirinha para mim, numa casa MINHA.


À perspectiva de ter que arcar com as despesas sozinhas eu encolho os ombros: primeiro, ela vai ajudar com metade; se ela entretanto não se decidir a voltar... Regresso à altura em que vim para Lisboa, afixo anúncios, espero que me calhe uma pessoa normal na rifa. Estou, portanto, a viver duas épocas distintas ao mesmo tempo: ter uma casa para governar e precisar de alguém para me ajudar a pagar. Como sou uma mariquinhas, ambas as coisas me assustam: a dívida até ao fim da vida e o medo de morar com alguém que odeie. O que já quase aconteceu antes, portanto sei do que falo. As coisas mais simples são sempre o motivo de discussão e conhecer uma pessoa não é garantia de conhecê-la em casa: ele há hábitos de alimentação, de higiene ou de sono bizarros - mesmo naqueles que julgamos conhecer bem. Tenho amigos que deixam as suas salsichas em cima do sofá ou nunca usam roupa de cama e dormem sempre vestidos. E calçados. Depois de um dia inteiro a andar para trás e para a frente. Daí o medo.


Mais vale só que mal acompanhada. Mas talvez eu faça jus à minha condição (semi) psicótica e conduza uma série de entrevistas aos possíveis interessados. Para (tentar) avaliar se um dia vou ter que gritar ou não. In the meantime espero pela chave para que possa assentar arraiais no Bairro Lopes :)

5 comentários:

Polliejean disse...

escolhe um mitbewohner homossexual. sempre preferi viver com homens, mas, apesar de nunca ter vivido com gays, acho que sao mais asseados, bem-educados, sensíveis e compreensivos. nao te esquecas de mencionar isso no anúncio ;)

M disse...

LOL Era bom poder colocar um anúncio como os que haviam na Alemanha. Mas sim, morar com homens é bem melhor. Já experimentei mais que uma vez e fiquei maravilhada :D

pita disse...

mas.. n tinhamos já falado sobre isto?? baaah! humpf

amigo disse...

o paulinho e o timóteo tão à procura de tecto...

Anónimo disse...

:o a patricia quer ficar em Portalegre ??? Nãoooooo :(