outubro 05, 2008

Épico!

Os dezasseis anos que separam o último concerto dos Avô Varejeira (myspace aqui) do concerto de ontem à noite fizeram com que este regresso fosse muito esperado e especialmente festejado. Arriscava a dizer que foi a noite com mais público na Quina das Beatas de que me lembro, tudo gente da terra, quase tudo com um enorme sentimento de nostalgia. E, não querendo retirar importância a nenhum dos membros, o Marquês é aquela estrela. Aquilo é carisma em bruto, uma estrela rock que se perdeu para o design (como me segredava alguém durante o concerto), aquilo é o suor sobre a magreza sobre os gritos sobre os olhos alucinados. Enganei-me quando pensei que provavelmente não ia gostar. Gostei e muito - por momentos, voltei a ser a miúda de pala, profundamente inadaptada e tímida de há uns anos atrás.

5 comentários:

Maria del Sol disse...

Nada como um concerto bombástico para exorcizar os nossos fantasmas :)

E, já agora, permite-me uma pequena intervenção off-post: tens um desafio à tua espera no meu blog. E sei que estas coisas são chatas, e dá-nos sempre a preguiça, mas ficava muito contente se o pudesses seguir.

Beijinhos e boa semana.

Jorge C. disse...

porra! lá perdi outro concerto porreiro! estive mesmo vai não vai para ir...e depois deu-me a preguiça e não fui...e agora após ler isto arrependo-me de não ter ido. reencontrar velhos...mesmo velhos conhecidos...ouvir sons "da minha juventude" ;)

e tb podia ter o prazer de te ter encontrado...e poder-te dizer pessoalmente que sigo religiosamente o teu blog...e falarmos um bocado (se me quisesses aturar). AHH! e pagar-te um copo, claro...

M. disse...

Jorge, essas coisas podiam todas ter acontecido! Especialmente essa de pagares um copo :P

Pá próxima, põe-te a mexer e vai! É sempre bom andar por ali :)

Artur Sequeira Portela disse...

Foi lindo.

Anónimo disse...

devias ter visto o concerto em evora sem condiçoes tecnicas basicas enfim quem corre por gosto nao cansa.