janeiro 12, 2010

Neuro-coisas

Depois de dormir mal durante demasiados meses, resolvi fazer qualquer coisa por mim e aproveitar que o trabalho ainda me facilita no seguro de saúde. Comecei a achar que levantar-me umas três ou quatro vezes numa noite de sono de sete horas já se estava a tornar demasiado cansativo. Primeiro, achava que era apenas uma fase mas, depois de sentir as coisas arrastarem-se para lá do suportável, decidi que preciso voltar a dormir uma noite completa.

Só me arrependi um pouco quando saí da sala onde me ligaram todos os eléctrodos e cabos ao gravador que vai registar o sono e a minha irmã foi incapaz de conter as gargalhadas sonoras dela. E também entendi a insistência das senhoras, quando me diziam que, depois de colocar todo o material, não poderia conduzir ou andar de transportes públicos: acho que muita gente iria desmaiar de susto! Já estou a preparar-me para ligar os fiozinhos todos debaixo da almofada e estar descansada às onze da noite, hora em que os aparelhómetros começam a funcionar. Não sei como é que esperam que eu durma com estes adesivos todos e aquele aparelho para medir o que não ressono. De dormir não sei nada - só quero arrancar isto tudo quando chegarem as primeiras horas do dia...

9 comentários:

v. disse...

boa sorte :)

se bem me lembro, dormir bem e uma maravilha. acho eu.

aryabodhisattva disse...

Que tal foi a noite?

M. disse...

Bem, a noite foi uma porcaria, como sempre. Três vezes acordada, os fios que medem o ressonar (não, não ressono!)sempre a cair. The usual, portanto.

Mas já tirei os eléctrodos todos da cabeça :D

Tákio disse...

não ressonas mas jogas playstation...

locusapien disse...

LOL

Eurico Ricardo disse...

the eternal sunshine of the spotless mind

Joana Real disse...

Eu conheço quem faça isso em ratitos...se precisares de mais testes (de borla):P

Conta depois o resultado...ehehhe

K. disse...

Nunca tinha ouvido falar em tal coisa... O_o


Espero que durmas melhor a partir de agora, senao recomendo o truque de toda a vida nos países do sul: uns copitos de vinho tinto ao jantar. :)

Catarina disse...

Ui, eu é que nunca conseguiria dormir assim, boicotava logo os resultados