agosto 21, 2008

Wise words *

A lot of bad shit is gonna happen to you. People are not gonna love you back, and [...] that's the first thing you should learn.

(Um dia acordas e puf!, o teu amor já não está lá. Tu não percebes como, matas-te a pensar como foi possível chegar até aqui sem reparares em nada, todos os sinais a passarem ao lado, a eternidade em que confundiste amor com compaixão. É tão simples de dizer, é só Deixei de gostar de ti e é isto mas é impossível que algum dia venhas a compreender como é que uma bomba assim te aterrou no colo. Esquece tudo o que pensaste antes, esquece as coisas ditas ao ouvido durante a noite, esquece o suor a encharcar-vos os lençóis e as pernas tremendo depois do sexo, esquece as mãos que te acordam devagar, esquece pensar que o mundo é isto. O amor que era teu, aquelas noites em que não dormiam com a excitação de estarem lado a lado, as palavras que te atordoavam os sentidos e te obrigavam a sorrir num carro em andamento - tudo, tudo mentira. Não, não mentira mas tudo esgotado, tudo transformado num desconsolo tão profundo que te encostas à parede, sentado no chão e pedes baixinho que te venham buscar. Era isto que querias dizer quando dizias para sempre? Era isto que querias mostrar-me quando te pedia para calares as promessas? Para sempre é agora e os próximos cinco minutos, se acaso o amor ainda não se esfumou. Podias ter sido mais cauteloso e ter recusado o amor e podias ter pedido que te amassem apenas na medida certa, apenas o suficiente. Inverteste a ordem das coisas quando aceitaste tudo. E, da mesma maneira que tudo é a quantidade mais vaga que há, para sempre também só durou o tempo de te quebrar. Hás-de aprender a vergar-te.)

* depois de ver este filme.

3 comentários:

verdeervilha disse...

[xi-coração]

Mirabilis (ou Sherazade) disse...

Olá,
Tenho vindo aqui ler-te, porque também sinto as coisas que escreves e quase da mesma maneira... Portanto acho que venho movida por uma espécie de solidariedade na desgraça :))

Anyway, era só para te deixar um beijinho e dizer que espero que passe rápido.

Beijocas,

M. disse...

Obrigada pelo (xi) e pela força :)

Felizmente, tudo passou há muito tempo mas ele há dias em que as coisas se precipitam e é como se pudéssemos sentir tudo outra vez.

E solidariedade na desgraça é bom. Prometo tentar que voltes por outro motivo qualquer :)