abril 26, 2009

Um homem* ama a sua guitarra

E, como a uma mulher, toca-a com os olhos fechados. Encosta o rosto às suas curvas em adoração involuntária, procurando decorar-lhe o cheiro natural. As mãos perdem-se nos pormenores do seu corpo, param admirando os defeitos mais intrigantes e fazem-na soltar as mais belas linhas de amor. Um homem baixa os olhos, envergonhado pela sua simplicidade e troca de guitarra para mais uns minutos em que o público sustém a respiração para não impedir a música de viajar bem longe. Com uma delicadeza ímpar, um homem presta apenas atenção aos sons que consegue arrancar de seis cordas, doze cordas, muitas cordas como se fossem sussurros de uma mulher estendida numa cama ao amanhecer. É-lhe natural, esta grandiosidade. Este homem de barba comprida e olhos agradecidos deixa-nos, não sei se involuntariamente, olhar-lhe para dentro. E é extremamente belo aquilo que consigo ver.

* o Norberto Lobo actuou ontem no CAEP.

6 comentários:

Maria del Sol disse...

Descreves aquilo que sinto quando oiço a guitarra dele melhor do que eu própria conseguiria. E, apesar das comparações serem sempre ingratas, está aqui um digno sucessor do grande Carlos Paredes. :)

anareis disse...

Estou fazendo uma campanha de doações para meu projeto de minibiblioteca comunitária e outras atividades para crianças e adolesçentes na minha comunidade carente aqui no Rio de janeiro,preciso da ajuda de todas as pessoas de bom coração,pode doar de 5,00 a 20,00. Doações no Banco do Brasil agencia 3082-1 conta 9.799-3 Que DEUS abençõe todos nos.Meu e-mail asilvareis10@gmail.com

S. disse...

Descobri o teu blogue há já uns meses, talvez há mais de um ano, e já nem me lembro de que forma.
Coloquei-o nos "feeds" porque gosto do que escreves e, sobretudo, de como o escreves.
Hoje quero felicitar-te pela tua participação na "Pormenores" (que ainda não conheço mas que amanhã serei, certamente, das primeiras a comprar). Parece-me ser uma revista de qualidade.
Vai ser um prazer "ler-te" mensalmente em papel.

M. disse...

:D

S., obrigada pelas tuas simpáticas palavras. Estou muito confiante neste projecto, tem toda a qualidade para vingar!

E parabéns pela tua participação na exposição em Portalegre... O mundo é muito pequeno ;)

S. disse...

Obrigada =)

E porque o mundo é tão pequeno, não quererás vir dar um pezinho de dança a Castelo de Vide este fim de semana? Espreita o programa em http://www.dmdespacocorpo.blogspot.com
Eu vou dançar o fds todinho... e o teu amigo, e meu primo, JC também ;)
Até breve.

Ah, e eu também gosto de ramos fugazes de papoilas... ;)

Man Next Door disse...

Missed it. Crap!