maio 10, 2008

(O primeiro de mais) três dias inteiros sem trabalhar

Significa que os dias podem começar assim. E que posso saltar refeições e passar a ferro porque realmente me apetece (ok, isso nunca vai acontecer) e que posso ler o jornais atrasados e ver filmes que já me emprestaram há uma porrada de tempo. Posso simplesmente ficar à espera da chuva que ainda vai cair porque só já volto a trabalhar na terça-feira de manhã. Vou só ali preguiçar mais um bocado.

3 comentários:

Rik disse...

Protesto! Eu tive que acordar bem cedo depois de um concerto de Primitive Reason na Fábrica de Braço de Prata que acabou tardito, andar de um lado para o outro a passear os pais em Lisboa, ficar a morrer... e depois ler o teu post relaxado... fico desanimado e penso que se calhar era boa ideia abrandar um pouco também...

M. disse...

Eu ia a dizer qualquer coisa mas acho que só me lembro de Cada um tem aquilo que merece... ahah

;)

tiago disse...

lolol, já sentia saudades deste tipo de posts onde um blog me consegue por a rir, positivamente claro.