setembro 12, 2008

M @ cozinha VI

Tinha prometido a mim mesma que iria apanhar amoras e cumpri. Com a ajuda do A., que falava mais do que colhia, consegui juntar uma quantidade muito considerável. A minha mãe reservou algumas para fazer um delicioso licor de amora e eu usei o resto para fazer o coulis com que servi a minha primeira panna cotta! A consistência de ambos ainda deixa muito a desejar mas o sabor resultou em cheio. Tivesse eu sempre todo este tempo livre e havia de me tornar numa cozinheira de mão cheia!

5 comentários:

Crama disse...

Bonito! Já me deixaste com desejos!
Lá tenho de ir ver se encontro umas amoras decentes!

indigente andrajoso disse...

certa vez, alguns anos atrás, apanhei amoras silvestres para fazer licor... saiu uma bomba...

:)

Maria del Sol disse...

Quando vi a fotografia pareceu-me mais iogurte batido que panna cotta... mas mesmo assim tem um aspecto delicioso. :)

M. disse...

Tens toda a razão, Maria :) Mas esta vez serviu para perceber algumas coisas. Da próxima, já parecerá mais panna cotta :)

curse of millhaven disse...

*babar*


oh god, devia tar tão bom...